Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (67) 3463-1661

Encontre o que deseja

NO AR

Rádio Criativa Juti - 87,9 MHZ

    Brasil

Governo cobra liberação de projeto que pode baratear o gás

Entre os principais impactos ambientais alertados pelos especialistas estão a contaminação da água e do solo

Publicada em 03/01/22 as 13:07h por TERRA - 175 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Poço perfurado por fraturamento hidráulico no Texas; nos EUA, a técnica permitiu aumentar a produção e barateou o custo do gás. Foto: NICK OXFORD / Reuters)

O governo deu 90 dias para que os ministérios de Minas e Energia (MME) e da Economia, em conjunto com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), publiquem edital para a qualificação de projetos visando a execução do projeto Poço Transparente, que deverá ser submetido à consulta pública.

O projeto Poço Transparente autoriza a aplicação da técnica de fraturamento hidráulico no País para produção de petróleo e gás natural em terra. O processo reduziu drasticamente o preço do gás nos Estados Unidos há alguns anos, mas é condenado por ambientalistas pelos riscos ao meio ambiente e pelo grande uso de água, em um momento de escassez hídrica global.

Pelo método de fraturamento, o poço perfurado recebe a injeção de uma mistura química, formada por água, areia e aditivos sob altas pressões. Essa pressão é o que provoca o fraturamento da rocha, permitindo que o gás natural seja recuperado pelas fissuras criadas.

Entre os principais impactos ambientais alertados pelos especialistas estão a contaminação da água e do solo, riscos de explosão com a liberação de gás metano, consumo excessivo de água para provocar o fracionamento da rocha, além do uso de substâncias químicas para favorecer a exploração.

O projeto brasileiro foi incluído no Programa de Parceria de Investimentos (PPI) para licenciamento ambiental e implantação, e prevê a perfuração de um poço horizontal em reservatório de baixa permeabilidade e a aplicação da técnica de fraturamento hidráulico.

O objetivo é adquirir conhecimento para produção de petróleo e gás em reservatórios não convencionais.

"Esse é um passo fundamental para o desenvolvimento de novos investimentos em exploração e produção de petróleo e, especialmente, gás natural em terra no Brasil", disse o Ministério de Minas e Energia em nota, ressaltando que a medida tem aderência com o Programa de Revitalização da Atividade de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (Reate) e o Novo Mercado do Gás.






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (67) 3463-1661

Visitas: 220132 | Usuários Online: 183

Rádio Criativa Juti, 87,9 MHZ - Avenida Bonifácio Fernandes, 1500 - Centro - CEP 79.955-000 - Juti-MS - Todos os direitos reservados

Converse conosco pelo Whatsapp!